A Sociedade Recolectora

A Sociedade Recolectora

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Paleolítico




Fontes Históricas – são todos os vestígios ou documentos escritos e não escritos que nos ajudam a conhecer a forma de vida do homem no passado.

Pré-História - longo período da História da Humanidade, desde o aparecimento dos primeiros seres humanos até à invenção da escrita.
*      África é o “BERÇO DA HUMANIDADE” - foi em África (no vale do Rift) que apareceram os vestígios mais antigos de Hominídeos.


Hominização - é o lento processo de evolução física e intelectual do ser humano, desde os primeiros hominídeos até ao estado de desenvolvimento actual.
Ø  Os diferentes hominídeos:
§   o australopithecus;
§   o Homo Habilis;
§   o Homo Erectus;
§   o Homo Sapiens;
§   o Homo Sapiens Sapiens.

ü      Transformações do Processo de Hominização:
·         Bípedia;
·         Verticalidade;
·         Libertação de mão;
·         Desenvolvimento da capacidade craniana e diminuição dos maxilares;
·          Linguagem articulada.
  • O fabrico de instrumentos:







Ø  Imagens de alguns instrumentos:


Ø  O fogo trouxe muitas vantagens para a vida dos seres humanos, tais como:
·         Aquecer e iluminar os abrigos;
·         Cozinhar os alimentos;
·         Afastar os animais ferozes;
·         Aperfeiçoar o fabrico dos instrumentos (a madeira aquecida tornar-se mais fácil de trabalhar e as pedras quando aquecidas estalam com facilidade).



  • O fogo também contribui para desenvolver os laços sociais e linguagem, isto porque o grupo reunia-se e convivia junto da fogueira.



Ø  Praticavam o Nomadismo – não tinham lugar fixo para viver. Mudavam constantemente de lugar para procurar alimentos.


*      O alargamento das áreas habitadas, devido:
·         Ao crescimento populacional;
·         À procura de novas territórios;
·         À existência de glaciares que facilitaram a passagem do homem de um continente para o outro.
 As Manifestações Artísticas:

No paleolítico o ser humano teve a capacidade de desenvolver as primeiras formas de arte, entre elas distinguiam-se dois tipos:

      • a arte móvel, constituida por pequenas estatuetas de mulheres chamadas Vénus, que representavam a Deusa-Mãe-Natureza e eram simbolo de fertilidade e fecundiade, ou instrumentos de caça e amuletos esculpidos com formas de animais feitos em pedra, madeira, osso ou marfim.
      • a arte rupestre ou arte parietal, pinturas e gravuras feitas em rochas, ao ar livre ou em grutas.
Deusa-Mãe Natureza - Venus


Os principais temas da arte paleolítica ligava-se ao modo de vida dos caçadores e á Natureza. Representavam animais de grande porte como bisontes, cavalos e touros, mãos humanas, e algumas figuras, sinais abstractos e cenas de caça.
Actualmente os historiadores têm várias interpretações para estas formas de arte. As Vénus seriam símbolos de fecundidade e de fertilidade (para haver a reprodução da raça humana), por causa das suas formas femeninas exageradas.
A arte Rupestre teria uma finalidade mágica, para as quais seria uma espécie de ritual para obter sorte na caça.

Os Ritos Mágicos:

À medida que os seres humanos forma evoluindo, começaram a questionar-se sobre a vida e os fenómenos naturais. A necessidade de explicar alguns mistérios como o nascimento, a morte, o crescimento das plantas, a chuva, o dia e a noite... levou-os a desenvolverem crenças religiosas.
Para tentarem dominar essas forças desconhecidas começaram a praticar uma série de ritos mágicos. Faziam danças, mascaravam-se, pintavam os corpos e sacrificavam animais para tentarem agradar aos seus deuses e á mãe Natureza.
Um dos sentimentos religiosos manifestados já no paleolitico foi a crença na vida para além da morte. Esta crença levou-os a enterrarem as pessoas mortas com adornos, flores, comida e a pintarem os corpos ou as sepulturas.

A Pintura no Interior das Grutas:

Os contornos das figuras são gravados com uma pedra aguçada. As tintas utilizadas eram corantes naturais, como o carvão, rochas moidas e plantas tintureiras, misturadas com gordura estraida dos animais ou de algumas plantas. Pintavam com os dedos ou com um punhado de pêlos de animal, paus ou pedaços de pele, por vezes superavam a tinta para a parede através de um osso oco, fazendo por exemplo as “mãos em negativo”. Representavam animais de grande porte e cenas de caça.

2 comentários:

  1. concordo pleanamente este site tive boa nota no teste de historia epa obrigada mesmo sem ese sie jaera nega para o lado de tras site bué fixe ponham mais coisas tipo fichas essas cenas obrigada

    ResponderEliminar